Filipinas instalará "caixas de correio" para população delatar traficantes

Manila, 2 out (EFE).- O Governo das Filipinas anunciou nesta segunda-feira que serão instaladas em todo país caixas do correio para que os cidadãos possam delatar de forma anônima os usuários de drogas e traficantes como parte da polêmica "guerra contra as drogas" do presidente Rodrigo Duterte.

As chamadas "caixas de correio de sugestões" serão colocadas em "cidades, municípios e escritórios dos barangays (bairros)" de toda Filipinas, segundo um documento divulgado pelo Departamento do Interior e Governos locais.

A iniciativa faz parte do novo "sistema de denúncias" com o qual o Executivo trata de deter suspeitos. As denúncias também poderão ser feitas através de uma linha exclusiva de telefone e um site.

As "caixas do correio de sugestões" também servirão para recolher denúncias de delitos relacionados com corrupção e terrorismo, outros dois problemas que Duterte prometeu combater com dureza.

Um bairro de Cidade Quezón, município divisório ao norte de Manila, testou a iniciativa que agora será aplicada em todo o território nacional, e gerou malestar entre os moradores e críticas de grupos locais pela sua arbitrariedade, já que dá pé a falsas delações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos