OLAF ajuda a confiscar 11 milhões de cigarros de contrabando na UE

Bruxelas, 1 out (EFE).- O Escritório Europeu de Luta contra o Fraude (OLAF) ajudou os países da União Europeia (UE) em várias operações que, durante agosto e setembro, permitiram confiscar mais 11 milhões de cigarros que iam ser introduzidos no bloco ilegalmente por mar e ar, informou nesta segunda-feira este organismo.

No começo de setembro, o escritório antifraude da UE em coordenação com a Polícia de Fronteiras romena confiscou mais de 5 milhões de cigarros que iam entrar como contrabando a bordo de barcos que navegavam com bandeira eslovena no Mar Negro.

Na operação foram detidas quatro pessoas, segundo o OLAF em comunicado.

Em agosto, no porto de Pireo, em Atenas, o Serviço de Alfândegas Gregas, com ajuda do OLAF, confiscou 6 milhões de charutos da marca Royal que tinham sido exportados ilegalmente para a Ásia, mas estavam para ser introduzidos de novo como contrabando na Grécia. EFE

lpc/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos