Temer diz que reformas colocaram o Brasil no século XXI

São Paulo, 2 out (EFE).- O presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira que as reformas promovidas pelo governo federal estão colocando o Brasil no século XXI e criticou as "medidas populistas" tomadas pelas administrações anteriores.

"Estamos em um ritmo de crescimento muito grande", afirmou Temer durante a abertura da Futurecom, o maior evento de telecomunicações e tecnologia da informação da América Latina.

Temer afirmou que a "responsabilidade fiscal" é a base de seu governo e ressaltou a necessidade de aprovar a reforma da previdência, um dos pilares da política econômica do governo.

"Foram tomadas muitas medidas desnecessárias ao longo do tempo, medidas que foram muito inadequadas para o nosso país", disse Temer, que estava acompanhado dos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e de Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab.

Temer repassou a recuperação econômica registrada desde que hegou ao poder e destacou a queda do desemprego, agora em 12,6%, com 13,1 milhões de pessoas fora do mercado de trabalho.

Meirelles, por sua vez, afirmou que a economia brasileira "trará surpresas", mas explicou que o Brasil precisa continuar trabalhando e avançando na agenda de reformas.

"Estamos retomando o caminho do crescimento e avançando em um ritmo mais forte do que imaginávamos", ressaltou Meirelles.

Cerca de 300 conferencistas participarão entre hoje e quinta-feira da Futurecom, encontro que reúne em São Paulo as principais operadoras do país.

Em 2016, 22 mil pessoas de 45 países visitaram as mais de 250 empresas expositoras do Futurecom, que neste ano conta com um espaço de mais de 220 metros quadrados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos