Trump expressa condolências a familiares de vítimas de ataque em Las Vegas

Washington, 2 out (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, expressou nesta segunda-feira suas condolências às vítimas do terrível "ataque ocorrido em Las Vegas", no qual morreram pelo menos 50 pessoas e mais de 200 ficaram feridas.

"As minhas mais sinceras condolências e compaixão para as vítimas e familiares do terrível ataque em Las Vegas. Deus vos abençoe!", escreveu Trump em sua conta da rede social Twitter.

Pouco após seu tweet, a Casa Branca emitiu um breve comunicado sobre o qual já considera o ataque o mais mortal da história recente do país.

"O presidente foi informado da horrível tragédia em Las Vegas. Estamos vigiando a situação de perto e oferecemos nosso total apoio às autoridades estatais e locais. Todos os afetados estão nos nossos pensamentos e orações", indicou a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, em uma breve nota.

O último balanço de 50 mortos e mais de 200 feridos foi oferecido pelo chefe da Polícia Metropolitana de Las Vegas, Joe Lombardo, na conta da instituição no Twitter.

Em uma coletiva de imprensa, o chefe da polícia explicou que o suposto autor dos fatos é Stephen Paddock, um homem de 64 anos, que teria perpetrado o ataque desde o 32° andar de um hotel próximo ao local do concerto, onde foi morto pelos agentes.

Sobre ele só disse que é um "residente local" de Las Vegas e, sobre suas possíveis motivações, afirmou que não sabem "quais eram as suas crenças".

O chefe policial explicou, além disso, que localizaram a mulher asiática que acompanhava o suposto agressor, identificada como Marilou Danley, com quem quer falar para que ajude nas investigações.

Segundo as autoridades, o ataque começou por volta das 22h08 local (2h, em Brasília) durante o encerramento de um festival country "Route 91 Harvest", de três dias de duração e que acontecia ao ar livre.

No momento do fato estava no palco o cantor Jason Aldean, cuja atuação foi interrompida pelo som das rajadas de fuzil, que provocaram pânico entre os presentes.

Entre os mortos há vários polícias fora de serviço que assistiam ao concerto, segundo Lombardo, mas não há ainda mais informação sobre o resto das vítimas.

Devido ao incidente, além do fechamento da zona sul da cidade e de uma estrada, vários voos com destino ao aeroporto internacional de Las Vegas foram desviados a outros terminais como medida de precaução.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos