Bombardeios russos no nordeste da Síria deixam 49 civis mortos

Beirute, 4 out (EFE).- Pelo menos 49 civis morreram nesta quarta-feira em bombardeios russos contra localidades da província nordeste síria de Deir ez-Zor, onde o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) efetuou algumas ofensivas, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Já em conversa com a Agência Efe por telefone, o diretor do grupo de ativistas Deir ez-Zor 24, Omar Abu Leila, afirmou hoje aconteceram "centenas de bombardeios contra povoados de Deir ez-Zor.

"Atualmente, 40% de Mayadin está destruída", afirmou ele, que está fora da Síria, mas tem contato permanente com ativistas em Deir ez-Zor 24.

De acordo com a contagem do Observatório, com as vítimas de hoje aumenta a 185 o número de civis mortos desde 29 de setembro na região.

Atualmente, Deir ez-Zor é palco de uma ofensiva das tropas governamentais, apoiadas pela aviação da Rússia, e de outra por parte das Forças Democrática da Síria (FDS), uma aliança armada liderada por milícias curdas e apoiadas pela coalizão internacional que é comanda pelos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos