Erdogan visita Irã para reforçar posição comum em relação a Curdistão

Teerã, 4 out (EFE).- O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, chegou nesta quarta-feira a Teerã para reforçar seu colega do Iraque , Hasan Rohani, as relações bilaterais e sua posição comum de rejeição ao recente referendo de independência realizado no Curdistão iraquiano.

Erdogan, acompanhado de uma delegação formada por sete ministros, foi recebido por Rohani no palácio de Saadat Abad, no norte de Teerã, segundo as imagens transmitidas pela televisão estatal.

A agenda da viagem era na sua origem fundamentalmente econômica, mas a consulta de autodeterminação realizada no Curdistão iraquiano no dia 25 de setembro, na qual o "sim" venceu com 92% dos votos, dominará a agenda.

Tanto Teerã como Ancara rechaçaram uma possível independência dos curdos iraquianos e tomaram medidas económicas e de segurança para apoiar o Governo central de Bagdá e a unidade do Iraque.

Trata-se da segunda visita de Erdogan a Teerã desde que Rohani assumiu pela primeira vez a Presidência, em 2013. Ambos se encontraram em outras cinco ocasiões à margem de cúpulas internacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos