Presidente do Parlamento Europeu alerta sobre independência da Catalunha

Estrasburgo (França), 4 out (EFE).- O presidente do Parlamento Europeu (PE), Antonio Tajani, afirmou nesta quarta-feira que a declaração de independência de parte de um país integrante do bloco vai contra o ordenamento jurídico europeu e pode gerar "uma perigosa divisão".

"As decisões unilaterais, incluindo uma declaração de independência a respeito de um Estado membro, é algo que contradiz o ordenamento jurídico europeu e pode provocar uma perigosa divisão", afirmou Tajani.

Ele pediu uma reflexão séria que permita dialogar na Espanha para diminuir a tensão na região da Catalunha, ao mesmo tempo em que destacou que ninguém pode estar satisfeito com "os eventos" de domingo passado.

"O Parlamento lança um apelo para que uma reflexão serena e profunda que favoreça o diálogo na Espanha no respeito do marco constitucional, incluindo o Estatuto de Autonomia da Catalunha, algo que possa devolver a política às instituições", declarou ele, durante um debate no PE sobre o desafio independentista catalão.

Tajani ressaltou que a história da União Europeia (UE) mostra que na democracia só é viável o caminho "que permita colaborar em prol da concórdia e da união".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos