Robert Patterson assume como chefe interino da Agência Antidrogas dos EUA

Washington, 4 out (EFE).- O Departamento de Justiça dos Estados Unidos designou, na terça-feira, Robert Patterson como chefe interino da agência de combate ao narcotráfico do país (DEA, sigla em inglês), após a renúncia de Chuck Rosenberg, que ocupava o cargo desde maio de 2015, também de maneira provisória.

De acordo com um comunicado da DEA, Patterson era, desde novembro do ano passado, seu principal administrador e nesse cargo, atuava como chefe de operações, supervisionando as atividades da agência no mundo todo.

Além disso, Patterson é o agente especial da mais alta categoria na DEA, após ter começado sua carreira em 1988 na divisão de Nova York.

O ex-chefe da DEA, Chuck Rosenberg, deixou o cargo na semana passada, que ocupava de maneira interina desde maio de 2015 e do qual liderou uma forte campanha para lutar contra o crescente consumo de analgésicos e heroína.

De acordo com o jornal "The Washington Post", Rosenberg decidiu sair por desacordos durante os últimos meses com o governo do presidente Donald Trump, especialmente com o procurador-geral, Jeff Sessions, encarregado de supervisionar a DEA.

Rosenberg ganhou as manchetes dos jornais no final de julho, quando enviou um memorando aos seus funcionários e lhes pediu que atuassem sempre "com honra" e de acordo com os padrões "mais altos" quando tratassem suspeitos de atos criminosos.

Antes de Rosenberg, a chefe da DEA foi Michele Leonhart, que teve que pedir demissão após a divulgação da notícia que vários funcionários da agência participaram de "festas sexuais" com prostitutas na Colômbia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos