Premiê iraquiano anuncia libertação da cidade de Hawiya

Paris, 5 out (EFE).- O primeiro-ministro do Iraque, Haidar al Abadi, anunciou nesta quinta-feira em Paris a liberdade da cidade de Hawiya, no norte do país, um dos poucos povoados que continuavam nas mãos do grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

"Anuncio a liberdade de Hawiya. Só falta recuperar os arredores (da cidade)", proclamou Abadi após se reunir no Palácio do Eliseu com o presidente francês, Emmanuel Macron.

Após a derrota em Hawiya, o controle do EI sobre regiões iraquianas fica circunscrito às áreas perto da fronteira com a Síria, especialmente localidades como a de Rawa.

Na sua declaração conjunta para a imprensa, Macron reiterou a Abadi "o compromisso pleno e total" das tropas do seu país com a coalizão internacional contra o EI.

"Iremos até o final e todo o tempo que for necessário", disse o presidente francês, que convidou na semana passada Abadi a viajar a Paris para oferecer a ele ser mediador com os curdos iraquianos e para "reforçar a cooperação bilateral entre França e Iraque", segundo fontes do Eliseu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos