Passagem de Nate deixa dois mortos em Honduras

Tegucigalpa, 6 out (EFE).- As chuvas torrenciais derivadas da tempestade tropical Nate deixaram dois mortos, mais de 20 famílias desabrigadas e centenas de isolados por danos em estradas e outras vias de acesso em Honduras, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

O diretor do organismo de Proteção Civil, Lisandro Rosales, disse a jornalistas que na quinta-feira dois jovens morreram afogados no sul do Honduras.

As vítimas mortais foram identificadas como Rocío Rubí, de 17 anos, e Jason García, de 22, que morreram afogados pela enchente de um rio no setor de Paso Fundo, município de Goascorán, acrescentou.

Rosales indicou que 27 famílias foram afetadas, sendo que 14 foram evacuadas devido aos "fortes danos" causados pelas precipitações.

Rosales também disse que dois deslizamentos de terra causados pelas chuvas mantêm isolados parcialmente desde a noite de quinta-feira o centro e o sul do país centro-americano.

Nate se localiza no mar o Caribe hondurenho e avança para o golfo hondurenho, onde estima-se deixará até 120 milímetros de chuva acumulada.

A tempestade tropical Nate se dirige à Península do Yucatán, no México, depois que suas chuvas torrenciais deixaram um saldo de pelo menos 22 mortos na América Central, informou hoje o Centro Nacional de Furacões (NHC) de Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos