Putin completa 65 anos trabalhando no Kremlin

Moscou, 7 out (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, comemorou neste sábado seu 65° aniversário trabalhando no Kremlin, onde manteve uma reunião sobre a situação na Síria, dia no qual também recebeu várias ligações de felicitação, segundo informou o Kremlin.

O Kremlin havia informado que Putin iria conciliar os atos oficiais com as reuniões familiares, mas afinal apontou apenas que Putin presidiu uma sessão do Conselho de Segurança Nacional.

Em tal reunião foram destacados os avanços conquistados na Síria graças ao "eficiente" trabalho da aviação russa, que destruiu nas últimas semanas numerosos alvos jihadistas, além de matar vários comandantes do Estado Islâmico.

Putin também recebeu as felicitações de líderes dos principais países aliados, como Bielorrússia, Cazaquistão, Armênia e Sérvia, além do presidente do Comitê Olimpico Internacional, Thomas Bach.

É esperado que Putin mantenha contatos com líderes de países ocidentais e outras potências mundiais, mas o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, descartou contatos com o presidente dos EUA, Donald Trump.

Ainda que não tenha revelado, todos os especialistas cravam que Putin tentará a reeleição nas eleições de março de 2018.

Quando questionado sobre a conveniência de se aposentar aos 65, Putin sempre responde que não é excepcional que os chefes de Estado se mantenham no cargo durante longo tempo e costuma usar como exemplo o caso do ex-chanceler alemão, Helmut Kohn, que ficou no poder durante 16 anos.

Em caso de vitória eleitoral, Putin permaneceria no Kremlin durante um último mandato presidencial de seis anos, o que o permitiria se perpetuar no poder até 2024, no total quase um quarto de século.

Segundo as últimas pesquisas, os índices de aprovação da gestão de Putin seguem ultrapassando 80% e, caso as eleições fossem realizadas hoje, o russo seria reeleito com quase 70% dos votos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos