Sindicato denuncia prisão de 3 jornalistas na Venezuela, 2 deles estrangeiros

(Atualiza com confirmação da situação dos jornalistas).

Caracas, 7 out (EFE).- O Sindicato Nacional de Trabalhadores de Imprensa da Venezuela (SNTP, sigla em espanhol) denunciou neste sábado a suposta detenção de dois correspondentes estrangeiros e de um jornalista venezuelano quando estes visitavam uma prisão do país para realizar uma investigação jornalística.

"Jesús Medina, Roberto Di Mateo e Filippo Rossi estão sendo acusados de entrar com equipamento audiovisual em Tocorón sem autorização", escreveu o sindicato no Twitter, sem oferecer mais detalhes sobre os veículos para os quais trabalham os correspondentes internacionais.

Segundo o SNTP, os três repórteres estavam fazendo um trabalho jornalístico na prisão de Tocorón, no estado Aragua (centro-norte), quando foram detidos por agentes do Ministério do Poder Popular para o Serviço Penitenciário do país e agora "estão sob custódia da Promotoria 14" desta localidade.

O Sindicato enviou uma comissão à prisão, acompanhada por advogados da ONG Foro Penal Venezolano, para verificar o estado dos jornalistas e alertou, além disso, que "Medina, Rossi e Di Matteo estão isolados".

O sindicato de jornalistas da Venezuela pede às autoridades do país, especificamente ao procurador-geral Tarek Saab, que ofereçam "informação real" sobre o paradeiro dos três jornalistas.

Além disso, os integrantes do SNTP exigem que as autoridades "do Estado garantam a vida, a liberdade e a integridade dos repórteres detidos".

Até o momento, as autoridades venezuelanas não se manifestaram sobre essa denúncia.

A prisão de Tocorón é um dos centros nos quais ainda não foi implantado o novo regime penitenciário venezuelano, que, segundo o plano do governo, tenta "pacificar" as penitenciárias.

Diversos veículos de informação venezuelanos denunciaram que dentro da prisão de Tocorón são organizados sequestros, ações para extorquir a população e se gerencia o tráfico de alimentos, entre outros crimes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos