Combates na Síria matam 29 integrantes das forças sírias e 11 jihadistas

Cairo, 8 out (EFE).- Vinte e nove integrantes das forças governamentais sírias e 11 jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) morreram nas últimas horas em combates no casco urbano na cidade de Mayadin, na província nordeste de Deir ez Zor, informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os terroristas estamparam 12 corpos de seus inimigos nas ruas da cidade para mostrar seu poder, afirmou o Observatório.

Nos combates, as tropas leais ao presidente Bashar Al-Assad tomaram o controle da cidade de Al-Rahba, uma fortificação medieval que fica localizada em um monte, e do mercado de gado, ambos situados no oeste da cidade.

Anteriormente, a agência oficial Sana informou que as tropas governamentais conseguiram hoje cercar totalmente Mayadin, que é capital de fato da "província de Al Jair", uma das divisões do território imposto pelo EI nas áreas que controla.

A cidade tem importância estratégica, pois se o exército sírio a tomar, isolaria as populações que o EI controla no vale do Eufrates até a cidade de Deir ez Zor, a capital regional.

Nessa cidade, as tropas sírias obtiveram hoje avanços em vários áreas, segundo "Sana", e também retomaram o controle da população de Marat al Fuka, ao leste do rio Eufrates.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos