Grupo armado sequestra voluntária suíça no Sudão

Um grupo de homens armados desconhecidos sequestrou na noite deste sábado (7) uma voluntária suíça em sua casa na cidade de Al Fashir, capital do estado de Darfur do Norte, no noroeste do Sudão, informaram neste domingo (8) responsáveis locais.

Uma fonte do conselho de governo da cidade detalhou que a sequestrada trabalhava como voluntária com crianças na região, e que os homens armados a capturaram ontem à noite e a levaram em um carro.

Por sua vez, o governador de Al Fashir, Saleh al Tajani, disse à Efe que a voluntária, identificada pelos responsáveis como Marguerite S., "desapareceu" e que "poderia ter sido sequestrada por gente com a intenção de extorqui-la".

Segundo Saleh, a cidadã suíça, vive há 15 anos na cidade e fundou um centro médico especializado no tratamento nutricional para crianças.

A região de Darfur é palco de um conflito entre movimentos rebeldes e o exército sudanês desde 2003, que já deixou mais de 300 mil mortos e obrigou 2,7 milhões de pessoas a deixarem suas comunidades de origem, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos