Menina síria de 5 anos morre em campo de refugiados na ilha de Lesbos

Atenas, 8 out (EFE).- Uma menina síria de apenas cinco anos morreu neste domingo no campo de refugiados de Moria, na ilha de Lesbos, na Grécia, apenas cinco dias depois de chegar do país com os pais.

Segundo veiculou a imprensa local, a criança já ingressou sem vida no hospital da capital da ilha, Mitilene.

De acordo com as informações obtidas pelos meios gregos, os pais trouxeram a criança da Síria, justamente, porque ela sofria de uma doença grave, já que buscavam encontrar tratamento em algum país da Europa.

Nesta segunda-feira, será realizada autópsia no corpo da menina, para que seja identificada a causa da morte.

Nos últimos meses, o aumento da chegada de refugiados voltou a causar problemas de superpopulação nos campos, sobretudo em Lesbos, onde cerca de 6 mil pessoas estão em instalações com capacidade para a metade desse volume.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos