Juiz convoca Cristina e ex-chanceler a depor por encobrimento a terroristas

Buenos Aires, 9 out (EFE).- Um juiz convocou nesta segunda-feira a ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner a depor como investigada em um caso que apura o encobrimento da participação de iranianos no atentado contra a Associação Mutual Israelita Argentina (Amia) em 1994, aberto pela denúncia apresentada em 2015 pelo promotor Alberto Nisman dias antes de morrer.

O juiz federal convocou no total 15 pessoas, todas elas proibidas de saírem do país, a depor no próximo dia 26. Além de Cristina, também prestará depoimento o ex-chanceler Héctor Timerman e o ex-secretário legal e técnico da presidência Carlos Zanini.

Nisman era o promotor responsável pela investigação sobre o atentado contra a Amia em Buenos Aires, que deixou 85 mortos. Ele achava que um acordo assinado entre Argentina e Irã em 2013, sob o governo de Cristina, para apurar conjuntamente o atentado, buscava, na verdade, encobrir os suspeitos. A ex-presidente nega a acusação.

O juiz atendeu um pedido do promotor Gerardo Pollicita, que tinha enviado a solicitação no último dia 7 de setembro.

Desde que Nisman apresentou a denúncia - quatro dias antes de morrer em circunstâncias ainda não esclarecidas -, o caso foi encerrado por "inexistência de crime", no início de 2015, para depois ser reaberto no fim de 2016.

Além disso, Bonadio decidiu unir a investigação a outro caso que já estava sob sua responsabilidade aberto em dezembro de 2015.

Esse segundo processo foi iniciado após uma denúncia de cidadãos que acusam Cristina e outros membros do alto escalão do governo de "trair a pátria" com a aprovação do acordo com o Irã.

Os denunciantes consideram que, com a negociação e a assinatura desse pacto, o governo de Cristina não só traiu à comunidade judaica na Argentina, mas também o próprio país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos