Milionário argelino é multado por tampar rosto como protesto à lei antiburca

Viena, 9 out (EFE).- O milionário argelino Rachid Nekkaz foi multado nesta segunda-feira em Viena por cobrir o rosto com uma máscara de Halloween em protesto contra a chamada lei antiburca, que entrou em vigor em 1 de outubro e proíbe os cidadãos de circularem com o rosto tampado na Áustria.

Nekkaz, que se comprometeu a pagar as multas das mulheres que sejam punidas por essa lei, se apresentou hoje perante a sede do Ministério de Relações Exteriores usando uma máscara e com um cartaz com a imagem de Sebastián Kurz, responsável por esse departamento.

"O direito de homens e mulheres de se vestir como quiserem é um direito constitucional", denunciou Nekkaz.

Nekkaz, que tinha convocado aos meios, assegurou que dispõe de um milhão de euros para pagar as multas impostas a mulheres por usarem a burca ou o nicab.

Após falar com a imprensa, Nekkaz foi acompanhado pela Polícia ao interior da sede do ministério, de onde saiu minutos depois exibindo o recibo do pagamento de uma multa de 50 euros e criticando o fato de Kurz não o receber.

O ministro, líder de lista do Partido Popular austríaco para as eleições deste domingo, denunciou em declarações à agência "APA" que a atitude de Nekkaz é uma tentativa de influenciar na sociedade austríaca.

O ministro afirmou que a cobertura completa do rosto é um "símbolo do islamismo político" contra os que querem "lutar de forma decidida".

A conhecida como lei "antiburca" proíbe andar com o rosto tampado em espaços públicos para "impulsionar a integração mediante o reforço da participação da coexistência na sociedade ".

A lei foi impulsionada pelo Governo de Sociais-Democratas e conservadores, dentro de uma reforma das políticas de integração que aumenta as obrigações dos solicitantes de asilo.

Para muitos trata-se de uma tentativa de deter o auge do partido ultradireitista FPÖ perante o tema da imigração após a chegada de dezenas de milhares de refugiados entre 2015 e 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos