Morre aos 69 anos ex-presidente de El Salvador Armando Calderón Sol

Washington, 9 out (EFE).- O ex-presidente de El Salvador Armando Calderón Sol (1994-1999), que consolidou os Acordos de Paz, morreu nesta segunda-feira em Houston (Texas, EUA), aos 69 anos, após uma longa luta contra o câncer, informou sua família.

"Neste dia 9 de outubro, às 0h15 no horário de El Salvador, já temos o nosso anjo no Céu. Obrigado pelo acompanhamento de todos os senhores com as orações e pensamentos", escreveu a família em um comunicado.

"Queremos agradecer primeiramente a Deus e à Santíssima Virgem, o tempo que nos permitiu desfrutar das bondades de Armando. Como agradecer suas grandes doutrinas que nos deixa de grande Fé, Humildade e Amor ao próximo", acrescenta a nota.

O ex-presidente tinha viajado aos Estados Unidos para se submeter a um tratamento oncológico, após passar por cirurgia em setembro na cidade de San Salvador.

Calderón Sol exerceu um governo de forte mão militar a fim de consolidar os Acordos de Paz assinados pelo seu partido, ARENA, e a guerrilha do FMLN em 1992, após 12 anos de uma guerra civil que deixou 75 mil mortos, 8 mil desaparecidos e cerca de 12 mil feridos. EFE

rg/cs

(foto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos