Promotoria alemã divulga imagem de menina para encontrar seu estuprador

Berlim, 9 out (EFE).- A Promotoria de Frankfurt, na Alemanha, pediu nesta segunda-feira a colaboração dos cidadãos para deter um suspeito de ter abusado sexualmente de uma menor e divulgou para isso a imagem da vítima, uma menina de entre quatro e cinco anos que aparece nos vídeos que foram publicados em uma página de pornografia infantil na internet.

A publicação das fotografias da menina, explicou em um comunicado a Promotoria, foi ordenado por um tribunal perante a impossibilidade de continuar com as investigações, já que o homem é "extremadamente precavido" e não há nenhuma imagem dele que permita sua identificação.

A menor tem entre quatro e cinco anos, cabelo loiro, comprido e liso com franja, olhos provavelmente castanhos, é magra e fala alemão, segundo a descrição da Promotoria, do Escritório Central para a luta contra o Crime na Internet e o Escritório Federal de Investigação Criminal.

Na sua denúncia acusam o suspeito de ter submetido a menina a "graves abusos sexuais" entre outubro de 2016 e julho de 2017 e de ter publicado depois vídeos das suas ações em uma plataforma da denominada "rede obscura".

"Há indícios que apontam que o agressor não identificado pode continuar tendo acesso à vítima, pelo que não pode ser descartado que os abusos sexuais continuem", alertou a Polícia com a esperança de que a colaboração cidadã permita localizar tanto o homem como a menina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos