Capital mexicana começa demolição de edifícios afetados por terremoto

Cidade do México, 10 out (EFE).- A Cidade do México iniciou nesta terça-feira os trabalhos de demolição de 13 edifícios que foram seriamente danificados pelo terremoto registrado no dia 19 de setembro, que deixou quase 370 mortos em todo o país.

O chefe de governo da cidade, Miguel Ángel Mancera, anunciou em entrevista coletiva que serão demolidos primeiro dois imóveis com "risco de colapso iminente". Já trabalham no local topógrafos e uma equipe de engenharia para começar as tarefas.

De acordo com dados do governo da Cidade do México, seis dos 13 imóveis que serão demolidos já estão prontos para serem derrubados.

Mancera explicou que, antes de começar o processo em cada um dos imóveis, as equipes do governo local farão uma vistoria completa para que não haja nenhum tipo de problema posterior.

O titular da Secretaria Jurídica e de Serviços Legais da Cidade do México, Manuel Granados, disse que em "nenhuma circunstância" serão colocadas em risco a vida ou a integridade das pessoas.

O terremoto do último dia 19 de setembro matou pelo menos 369 pessoas no México em diferentes estados. Dos feridos, oito pessoas seguem hospitalizadas, uma delas em estado grave.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos