Oposição desmente Maduro e diz que diálogo na Venezuela retrocedeu

Caracas, 10 out (EFE).- O negociador da oposição venezuelana no processo de diálogo com o governo de Nicolás Maduro, o deputado Luis Florido, desmentiu nesta terça-feira o presidente da Venezuela ao apontar não procede a informação de que as negociações apresentam 95% de avanços e afirmou que, pelo contrário, estas retrocederam.

"Novamente desmentimos o governo. A negociação política não avançou, retrocede a cada dia", expressou o parlamentar através de uma mensagem divulgada à imprensa.

Florido destacou que as afirmações de Maduro e do embaixador de Caracas na República Dominicana, Jesús Uzcátegui, são falsas, e que pelo fato de as condições que a oposição exigiu não terem sido cumpridas, o diálogo continua sem avanço.

"Reiteramos (que) (...) ao invés de avançar, o processo exploratório retrocedeu, porque nos tiraram as garantias eleitorais ao não permitir a substituição de candidatos e tentam fazer uma fraude eleitoral", acrescentou.

No domingo passado, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, disse que o diálogo político entre o seu governo e a oposição será retomado nesta semana, após ser redigido um documento que, segundo disse, apresenta "um avanço de 95%".

"Eu acredito que na próxima semana, como acordamos com a oposição, novamente seja reinstalada a mesa de diálogo pela paz e a soberania", apontou o governante.

No entanto, o antichavismo afirma que estas declarações de Maduro são uma tentativa de utilizar o processo de negociação para "desmobilizar e desmoralizar os venezuelanos" e para "gerar a sensação que há uma agenda oculta".

"Os únicos 95% que hoje são reais são os venezuelanos que rejeitam Maduro e seus candidatos porque estão passando fome, necessidades e que sairão para votar neste 15 de outubro", acrescentou Florido, em referência às eleições de governadores que serão realizadas no próximo domingo no país caribenho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos