Trump desafia a compararem seu QI ao de Tillerson

Washington, 10 out (EFE). - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou não acreditar que o seu secretário de Estado, Rex Tillerson, tenha dito que ele é "idiota", mas ressaltou que, caso isso seja verdade, ele sabe quem é mais inteligente.

"Acho que é uma notícia falsa, mas se fez isso, acredito que teremos que comparar os quociente de inteligência e eu posso te dizer quem vai ganhar", afirmou ele, em entrevista à revista "Forbes" divulgada nesta terça-feira.

O presidente se referia à informação da rede "NBC" que garantia que Tillerson chamou Trump de "idiota" depois de um reunião em julho, no Pentágono, com membros da equipe de segurança nacional.

Na semana passada, Trump afirmou ter "total confiança" em Tillerson e criticou a "NBC" por ter "inventado" a informação. Tillerson, por sua vez, fez uma coletiva para negar que tenha pensado em demissão e para defender sua relação com Trump.

Tillerson não quis comentar se falou ou não sobre Trump, por considerar que se trata de uma questão "não material", mas a sua porta-voz, Heather Nauert, declarou que o secretário de Estado não usa "esse tipo de linguagem para falar sobre o presidente dos Estados Unidos" nem para falar "sobre ninguém".

Trump e Tillerson já conversaram por telefone na semana passada e hoje terão um almoço na Casa Branca acompanhada pelo secretário de Defesa, James Mattis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos