Flórida declara emergência em condado por temer conflito em ato supremacista

Miami, 16 out (EFE).- O governador da Flórida, Rick Scott, declarou nesta segunda-feira estado de emergência em um condado do norte do estado diante da possibilidade de conflitos violentos por causa de uma conferência do líder supremacista branco Richard Spencer marcada para a próxima quinta-feira.

A medida afeta o condado de Alachua e tem como objetivo coordenar as forças de ordem locais com as estaduais e federais para garantir a segurança de um evento cercado por polêmica.

Fontes do governo da Flórida afirmaram que a Guarda Nacional estará pronta para agir caso seja acionada.

A Universidade da Flórida em Gainesville, que alugou uma sala de conferências para a apresentação de Spencer alegando que, se não fizesse poderia ser denunciada por não respeitar a Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos, que defende a liberdade de expressão, disse que vai gastar US$ 500 mil em segurança, muito mais que o valor recebido por alugar o local.

Spencer, que lidera o National Police Institute, era o orador principal de um ato marcado para o último dia 11 de agosto em Charlottesville, na Virgínia, mas foi proibido pela polícia de discursar por causa da polarização ocorrida na cidade.

Um supremacista jogou um carro contra manifestantes contrários a Spencer e matou uma pessoa atropelada em Charlottesville.

O presidente da Universidade da Flórida, Kent Fuchs, afirmou publicamente que abomina o ódio e o racismo pregado pela doutrina supremacista branca. Ele pediu a professores e a alunos que não participem da conferência de Spencer.

A instituição permanecerá abertura durante o evento, mas o acesso ao local será restringido.

O senador republicano Marco Rubio, que representa a Flórida, também pediu que as pessoas não participem da conferência. Para ele, Spencer está "desesperado" por publicidade.

Diversos grupos sociais organizaram vigílias e protestos contra Spencer e o supremacismo branco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos