Portugal confirma 31 mortos e 7 desaparecidos por incêndios no país

Lisboa, 16 out (EFE).- Pelo menos 31 pessoas morreram e outras sete continuam desaparecidas por causa da última onda de incêndios nas regiões central e norte de Portugal, segundo o último balanço "preliminar" da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) informado nesta segunda-feira.

Este é um número que a porta-voz da ANPC, Patrícia Gaspar, qualificou de "preliminar", pois há outra vítima possível, mas ainda está à espera de que esta informação seja confirmada de forma definitiva.

Patrícia reiterou que não se pode falar de um balanço definitivo, já que sete pessoas seguem desaparecidas e também há lugares, que até agora estavam inacessíveis, aos quais começam a chegar as operações de combate às chamas.

O balanço de feridos por esta nova onda de incêndios subiu para 56, dos quais 16 estão em estado grave.

"Há regiões onde os meios estão chegando agora", acrescentou a porta-voz de ANPC, em uma coletiva de imprensa na qual confirmou que o "alerta vermelho" está mantido em todo o país.

Dos mais de 500 incêndios declarados no centro e no norte de Portugal ontem, 50 permanecem ativos, dos quais 31 foram qualificados de "importantes" pela porta-voz da ANPC.

Esta nova tragédia acontece apenas quatro meses depois da ocorrida na localidade de Pedrógão Grande, no centro do país, onde o fogo provocou a morte de 64 pessoas e deixou mais de 250 feridas.

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que cancelou os atos previstos em sua agenda desta semana para acompanhar a situação, pediu "urgência na ação" contra o fogo e anunciou que, assim que todos os focos tiverem sido estabilizados, dirigirá sua palavra ao país.

Além disso, o primeiro-ministro António Costa fará uma declaração sobre o ocorrido esta noite, a partir das 20h locais (17h em Brasília).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos