Putin assina decreto para cumprimento de sanções da ONU a Pyongyang

Moscou, 16 out (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou nesta segunda-feira o decreto sobre as restrições ao regime norte-coreano em aplicação à resolução 2321 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, aprovada em novembro do ano passado.

O respectivo documento foi publicado no portal de informações jurídicas do governo russo.

Além de sanções econômicas, o decreto prevê "a suspensão da cooperação técnico-científica com pessoas ou grupos de pessoas que representam a Coreia do Norte".

A presidente do Conselho da Federação da Assembleia Federal da Federação da Rússia (Senado), Valentina Matvienko, condenou hoje "as ações da Coreia do Norte para o desenvolvimento do seu programa nuclear, assim como os testes que realizou".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos