Turquia oferece ajuda ao governo do Iraque contra o PKK em Kirkuk

Ancara, 16 out (EFE).- O Ministério das Relações Exteriores turco informou nesta segunda-feira sua disposição em colaborar com o governo do Iraque para retirar o PKK, a guerrilha curda da Turquia, da cidade iraquiana de Kirkuk.

"Ressaltamos que estamos preparados para todo tipo de colaboração com o governo do Iraque para dar fim à presença do PKK em terras iraquianas", afirma o Ministério em um comunicado.

"Ficamos contentes pelo governo iraquiano ter declarado que considera a mobilização de elementos da organização terrorista PKK em Kirkuk como uma declaração de guerra e não a tolerará", acrescenta o texto.

Bagdá emitiu ontem um comunicado no qual denunciava "a presença de forças não regulares, das quais algumas pertencem ao PKK turco", em Kirkuk, e a considerava "uma declaração de guerra contra o resto dos iraquianos e as forças federais regulares".

O comunicado turco destaca que Ancara acompanha de perto os esforços de Bagdá para estabelecer a soberania constitucional em Kirkuk, cidade em grande parte controlada pelas milícias peshmerga, as forças regulares do Curdistão iraquiano autônomo.

Ancara afirma que Kirkuk é "um modelo do mosaico de sociedades" iraquianas e é lar histórico dos turcomanos, uma minoria iraquiana que fala turco e que Ancara considera como "irmãos étnicos".

A Turquia também pede ao governo autônomo do Curdistão que "não acrescente um novo erro aos já cometidos" ao permitir a entrada de grupos do PKK em Kirkuk.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos