Maduro afirma que quer intimar diretores de Facebook e Instagram na Venezuela

Caracas, 17 out (EFE).- O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou nesta terça-feira que pretende intimar os diretores de Facebook e Instagram para a Venezuela, os quais acusa de "vetar" as suas mensagens durante a campanha para as eleições regionais de domingo, e os ameaçou com "uma surpresinha" nas próximas semanas.

"Eu não sei quem é o chefe do Facebook e do Instagram para a Venezuela, mas eu quero intimar os responsáveis porque eles nos vetam, vetam o presidente", disse o governante em coletiva de imprensa televisionada de forma obrigatória por todos os canais.

Maduro disse querer libertar o país da "tirania dos donos das redes sociais do mundo", aos quais supostamente reservou "uma surpresinha para as próximas semanas".

"E depois não se queixem, compadres", concluiu o presidente, para quem o país se encontra em "uma nova guerra que mais cedo que tarde" ganhará.

O chefe de Estado havia se referido um pouco antes à lei "crimes de ódio" que deve aprovar nos próximos dias a plenipotenciária e governista Assembleia Nacional Constituinte.

Segundo se adiantou desde a própria Constituinte, a lei se ocupará entre novas coisas dos conteúdos que se escrevem e divulgam nas redes sociais.

"Se eu posto um vídeo de uma informação importante, eu não posso colocar propaganda, mas posso receber propaganda do mundo inteiro e da Venezuela no Instagram e no Facebook. E me introduzem retardadores para me tirar seguidores ou para que eles não acessem meus vídeos e a minha verdade", explicou Maduro sobre a suposta censura nas redes.

O presidente da Venezuela também se queixou de um suposto boicote das emissoras privadas do país, as quais acusou de ceder espaços de graça aos candidatos da oposição, que também se queixaram de não ter acesso a veículos públicos tomados pelos conteúdos oficialistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos