Grupo de missionários britânicos é sequestrado no sudeste da Nigéria

Abuja, 18 out (EFE).- Um grupo de quatro missionários britânicos que trabalhavam no estado de Delta, no sudeste da Nigéria, foram sequestrados por homens armados, confirmaram nesta quarta-feira à Agência Efe fontes policiais.

Os missionários, três homens e uma mulher, foram capturados no último dia 13 por cinco homens armados nos arredores da foz do rio Níger, onde trabalhavam em um hospital comunitário.

O porta-voz da Polícia de Assava, capital de Delta, Andrew Aniamaka, indicou à Efe que as vítimas são conhecidas na região pela atividade como missionários e pela filantropia. Algumas pessoas já foram presas pelo crime, mas Aniamaka não deu mais detalhes.

Os sequestros para pedir resgates se tornaram um problema comum na Nigéria, especialmente devido à recessão que afeta atualmente o país, a pior em 25 anos.

O estado de Delta é um dos motores da economia nacional graças à produção petrolífera, que contribui com uma alta porcentagem dos investimentos da Nigéria.

Os funcionários dessas refinarias são os principais alvos dos criminosos que atuam na região. Entre eles estão militantes que exigem que o governo invista mais nesta área pobre do país.

A onda de sequestros, no entanto, não tem mais apenas se concentrado em Delta e se expandiu por todo o país. Atualmente, até cidadãos nigerianos estão sendo capturados pelos criminosos, que exigem grandes quantias de dinheiro para libertá-los.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos