Israel ataca posição síria em resposta a míssil que caiu nas Colinas de Golã

Jerusalém, 19 out (EFE).- Israel atacou uma posição síria da qual foi disparado nesta quinta-feira um míssil que caiu em campo aberto nas Colinas de Golã, informou o exército israelense.

"Como resposta ao projétil que atingiu Israel hoje à tarde, o exército atacou suas fontes de fogo nas Colinas de Golã sírias", explicou à Agência Efe uma porta-voz militar.

Por sua vez, o Observatório Sírio de Direitos Humanos informou, além disso, que Israel atacou posições das forças governamentais sírias na província de Quneitra, que faz fronteira com as Colinas de Golã ocupadas pelos israelenses israelenses.

O ataque teve como alvo posições dos efetivos leais ao governo de Damasco na zona de Al Sanadiana, próxima à base da Brigada 90 do Exército sírio, nos arredores do povoado de Khan Arnaba, em Quneitra, informou a ONG.

A fonte acrescentou que nessa área foram ouvidas várias explosões.

O Exército israelense considera o regime sírio responsável por qualquer agressão proveniente do seu território "e não tolerará nenhum ataque que ameace a soberania israelense e a segurança de seus civis", segundo o comunicado militar.

Desde o início do conflito civil na Síria, há seis anos, Israel bombardeia ocasionalmente posições sírias em resposta a disparos de projéteis sírios que caem na zona das Colinas de Golã, e reconhece esses ataques em represália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos