Sudão fecha fronteira com o Chade após ataque armado com 24 mortos

Cartum, 19 out (EFE).- O governo do Sudão anunciou nesta quinta-feira o fechamento temporário da fronteira com o Chade após um ataque armado na província de Darfur Ocidental, no qual morreram 24 pessoas.

O governador de Darfur Ocidental, Mohamed Ibrahim Sharfaldin, declarou à imprensa que "na quarta-feira explodiram confrontos violentos na fronteira, entre cidadãos sudaneses e homens armados chadianos".

Segundo Sharafaldin, nos choques morreram 16 combatentes do Chade e oito cidadãos sudaneses, e outros 13 civis do Sudão ficaram feridos.

O governador informou que os fatos foram registrados na zona de Hatana, em território sudanês, e acrescentou que reforços militares foram enviados à região para controlar a situação.

O governo provincial decidiu fechar a fronteira temporariamente e enviar 150 veículos armados à zona para evitar a irrupção de novos homens armados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos