Ultraortodoxos lançam "Dia da Ira" contra recrutamento militar israelense

Jerusalém, 19 out (EFE).- Centenas de ultraortodoxos fecharam nesta quinta-feira as ruas do Jerusalém em protesto contra a aplicação da lei de recrutamento militar, obrigatório para todos os cidadãos israelenses, e a recente detenção de objetores de consciência da sua comunidade.

"Não queremos que mudem a lei, queremos continuar estudando a Torá (Bíblia), como fazemos há milhares de anos, e que o nosso Governo nos deixe viver em paz. Pela primeira vez, detiveram dez de nossos rapazes", declarou à Agência Efe o rabino David Ziherman, que participou da manifestação perto da rodoviária central.

Há uma semana, grupos de "haredins" (ultraortodoxos judeus) se manifestam em diferentes pontos da cidade onde aconteceram confrontos com a Polícia, que aumentaram no quarto dia, quando outros dois estudantes de "yeshivá" (casa de estudo religiosa judaica) se negaram a cumprir a ordem de recrutamento militar e foram detidos.

O grupo da ultradireita religiosa autodenominada Facção de Jerusalém, organizadora dos protestos, declarou hoje o chamado "Dia da Ira", quando aconteceram manifestações e fechamentos de ruas.

"Houve um aumento muito significativo na severidade das medidas tomadas contra nós, e responderemos do mesmo modo", escreveu um representante deste grupo no site em hebraico da Kikar Shabat (Praça de Shabat), alinhada com a ultraortodoxia.

Durante a tarde houve um total de 40 detidos, segundo comunicou o porta-voz da Polícia Micky Ronzenfeld.

A Polícia retirou dezenas de homens que, sentados na estrada, bloquearam o tráfego, provocando a suspensão temporária do serviço de bonde e deixando dezenas de ônibus vazios e sem motoristas, parados nas ruas devido à impossibilidade de se moverem, segundo comprovou a Efe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos