Alabama executa preso que matou policial durante fuga em 1997

Washington, 20 out (EFE).- O estado do Alabama, nos Estados Unidos, executou, na quinta-feira, Torrey McNabb, um réu que foi condenado a morte por assassinar, em 1997, um policial durante uma perseguição.

McNabb, de 40 anos, foi declarado morto às 21h38 (hora local) após receber uma injeção letal na prisão Holman de Atmore, segundo divulgou o Departamento de Correções do Alabama.

As suas últimas palavras foram: "Mamãe, irmãs - presentes na execução -, me olhem nos olhos. Não tenho medo. Ao estado do Alabama, eu te odeio, eu te odeio".

McNabb também levantou o dedo do meio das duas mãos no início da execução.

Além da mãe de McNabb e de suas duas irmãs, pelo lado da vítima, o agente Anderson Gordon, presenciaram a execução a viúva, três irmãos e dois filhos.

No dia do crime - setembro de 1997 -, o hoje executado fugia de caçador de recompensas após não comparecer a uma audiência de imputação pelos crimes de roubo e posse de substâncias proibidas.

McNabb sofreu um acidente, e segundo as testemunhas atirou contra o caçador, que fugiu e chamou a polícia.

O primeiro agente a chegar no local foi Gordon, que foi morto por McNabb antes mesmo de deixar sua viatura.

Ele então fugiu, mas foi preso pouco depois e, em 1999, condenado à morte.

A execução aconteceu com um atraso de quase três horas pois, como é habitual, os advogados do réu apresentaram recursos de última hora, mas foi rejeitado pelo Supremo Tribunal rejeitou em última instância.

Torrey McNabb solicitou ao estado que o padre da prisão não realizasse a execução, como costuma fazer, já que não queria presença religiosa, nem que houvesse preces antes ou durante sua morte, segundo explicou o Departamento de Correções do Alabama.

O preso tampouco quis utilizar seu direito a escolher uma última refeição.

As 21 execuções de 2017 já superam em número as 20 do ano passado, um número que marcou o mínimo do último quarto de século nos EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos