Estátua de ex-governador da Flórida apontado como racista é retirada

Miami, 20 out (EFE).- A estátua do ex-governador da Flórida, Napoleon Bonaparte Broward, foi retirada na quinta-feira dos escritórios do tribunal do Condado de Broward, após as críticas surgidas meses atrás por comentários de caráter segregacionista enquanto foi chefe do Executivo estatal.

Funcionários deste condado, vizinho de Miami-Dade, disseram que a estátua do governador nos períodos de 1905 a 1909 e foi levada a um depósito até que se determine seu novo destino.

A figura, retirada ao amanhecer e com objetivo de minimizar qualquer possível controvérsia, recebeu críticas de advogados e ativistas locais desde setembro, quando foi descoberto um discurso que o governador deu no Legislativo estatal em 1907 e que foi tachado de racista.

O advogado Bill Gelin, que administra um blog com informações judiciais deste condado, publicou trechos deste artigo em 2011 pela Universidade da Flórida e em que o ex-governador invocava os Estados Unidos a criar um país para os afro-americanos.

"O branco não tem tempo para desculpar as falhas do negro", disse Broward, como divulgou o jornal local "Sun Sentinel".

A retirada da estátua do tribunal, localizado no centro de Fort Lauderdale, já tinha sido anunciada na semana passada pela prefeita do Condado de Broward, Barbara Sharief.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos