Otan anuncia que sua próxima cúpula de líderes será em julho de 2018

Bruxelas, 20 out (EFE).- O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, anunciou nesta sexta-feira que a próxima cúpula de líderes dos países membros do organismo acontecerá em 11 e 12 de julho de 2018, na sua sede de Bruxelas.

A cúpula servirá para "reforçar mais o vínculo entre a Europa e a América do Norte no qual a Aliança é baseada", declarou Stoltenberg em um comunicado, antes de acrescentar que os líderes continuarão adaptando a Otan "ao século XXI".

"Fortaleceremos nosso valioso trabalho com países parceiros e organizações para lutar contra o terrorismo e manter a estabilidade no nosso vizindário", acrescentou.

O dirigente da Otan sublinhou que a organização implementou "o maior reforço da defesa coletiva em uma geração" para responder às ameaças "mudáveis", e lembrou que os grupos de combate multinacional ao leste dos parceiros da Otan já estão "completamente operativos", em aparente alusão à Rússia.

Além disso, lembrou que o organismo está reforçando sua presença no mar Negro e avançando em seus esforços contra ciberataques e ameaças híbridas.

Sobre o Oriente Médio, Stoltenberg destacou o incentivo à missão para "treinar, assessorar e apoiar" as forças do Afeganistão para garantir que o país "nunca mais volte a se transformar em um paraíso de segurança para terroristas internacionais".

"Apoiamos a coalizão internacional contra (o grupo terrorista) Estado Islâmico e trabalhamos para reforçar parceiros como o Iraque", disse Stoltenberg, que também insistiu no aprofundamento da relação entre a Otan e a União Europeia (UE) "em benefício de todas as nossas nações".

Apesar de a Turquia ter se oferecido como candidata a anfitriã da próxima cúpula da Aliança, a reunião acontecerá na Bélgica, país que "acolheu generosamente cúpulas da Otan durante 50 anos", apontou Stoltenberg.

O último encontro entre os dirigentes dos países da organização aconteceu em maio deste ano, em uma cúpula extraordinária em Bruxelas para dar as boas-vindas ao novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, eleito em novembro de 2016.

Durante este encontro, foi inaugurada simbolicamente a nova sede da Aliança na capital belga, um edifício que custou 1,12 bilhões de euros, mas que ainda não é utilizado para o trabalho diário da Otan.

A última cúpula regular da Otan aconteceu em Varsóvia, em julho de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos