Portugal prepara pacote de medidas para combater incêndios florestais

Lisboa, 20 out (EFE).- O governo de Portugal preparou nesta sexta-feira um pacote de medidas de reforma florestal para combater os devastadores incêndios que o país sofre a cada verão, que será discutido neste sábado em um conselho extraordinário de ministros.

Embora ainda não se saiba quais medidas exatamente o pacote incluirá, na reunião serão analisadas as conclusões e recomendações elaboradas pela comissão técnica independente criada para investigar o incêndio em Pedrógão Grande, onde 64 pessoas morreram em junho.

Este relatório apontou erros na prevenção e no combate ao fogo e que as medidas que deveriam ter sido tomadas imediatamente após o início do incêndio poderiam reduzir os efeitos da tragédia.

A nova onda de incêndios de domingo passado, com outros 43 mortos, aumentou ainda mais a urgência deste pacote de medidas, que procura reformar de maneira "estrutural" a legislação para que as florestas "não sejam um fator de ameaça para as populações", segundo o primeiro-ministro, António Costa.

Neste conselho de ministros será consolidada a reforma florestal iniciada no ano passado pelo Executivo socialista, que incluía medidas que afetam a limpeza das florestas e a gestão dos terrenos abandonados, entre outras aprovadas pelo Parlamento neste verão.

No entanto, muitas delas ainda não entraram em vigor porque precisam ser reguladas, algo que o governo também espera resolver neste sábado.

A crise motivou também o discurso mais duro desde que chegou ao poder do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que exigiu uma resposta "rápida e convincente".

Sousa mostrou nesta sexta-feira confiança no conselho de ministros para encontrar uma solução rápida para os familiares das vítimas, que terão acesso a um mecanismo extrajudicial de indenizações.

"Acredito que estão criadas as condições para que, na reunião do conselho de ministros (...), seja encontrada uma solução rápida que corresponda à vontade dos familiares das vítimas", disse o presidente à imprensa em um hospital de Viseu, onde visitou vários feridos pelos incêndios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos