Segundo ataque contra uma mesquita no Afeganistão deixa pelo menos 15 mortos

Cabul, 18 out (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram e outras dez ficaram feridas nesta sexta-feira em um ataque suicida contra uma mesquita na província de Ghor, no oeste do Afeganistão, no segundo ataque do dia contra um mosteiro árabe no país, informaram à Agência Efe fontes oficiais.

Um suicida detonou os explosivos no interior da mesquita Khwajagan, no distrito de Du-Layna, por volta de 17h (horário local, 10h30 de Brasília), quando um importante miliciano anti-talibã e seus homens encontravam-se no local para rezar, indicou o porta-voz do governador provincial, Abdul Hai Khatibi.

O comandante, identificado como Fazal Hayat Khan e que lutava contra os talibãs na região, e vários dos seus homens se encontram entre as 15 vítimas mortais, afirmou, por sua parte, o porta-voz da polícia de Ghor, But Iqbal Nezami.

O ataque acontece apenas uma hora antes de outra explosão atingir uma mesquita xiita em Cabul, deixando pelo menos 32 mortos e 41 feridos em um bairro habitado pela minoria étnica hazara.

Os atentados contra a minoria xiita são comuns no Afeganistão e o último deles ocorreu no final de agosto, quando morreram 28 pessoas e mais de 50 ficaram feridas em uma ação também em Cabul reivindicada pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

Desde o fim da missão de combate da OTAN em janeiro de 2015, Cabul foi perdendo terreno perante os insurgentes até controlar apenas 57% do país, segundo o inspetor especial geral para a reconstrução do Afeganistão (SIGAR) do Congresso dos Estados Unidos. EFE

bks-njd/rsd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos