Após derrota em Raqqa, Trump diz que fim do califado do EI "está à vista"

Washington, 21 out (EFE). - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste sábado que o fim do califado do grupo terrorista Estado Islâmico "está à vista" após a "derrota" que os jihadistas tiveram na cidade de Raqqa, na Síria.

"(Esta derrota) representa um avanço crucial na nossa campanha mundial para vencer o EI e sua retorcida ideologia. Com a libertação da capital do EI e grande parte de seu território, o fim do califado do EI está à vista", indicou Trump em comunicado emitido pela Casa Branca.

"Logo passaremos a uma nova fase na qual apoiaremos às forças de segurança do país, diminuiremos a violência na Síria e avançaremos nas condições para uma paz duradoura, de modo que os terroristas não possam voltar a ameaçar a segurança coletiva novamente", acrescentou.

O presidente americano indicou que os Estados Unidos e os seus aliados apoiarão as negociações diplomáticas para acabar com a violência e disse que isso fará com que as pessoas possam voltar de forma segura aos seus lares, o que dará lugar a uma transição política que honre a vontade dos sírios.

Ontem, o secretário de Estado americano, Rex Tillerson, parabenizou o povo sírio e às Forças Democrática da Síria (FDS) pela libertação da cidade de Raqqa e disse que está "orgulhoso" de liderar a coalizão internacional que participou desta vitória contra o EI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos