Topo

Sobe para 358 o número de mortos no atentado com caminhões-bomba na Somália

21/10/2017 06h04

Mogadíscio, 21 out (EFE).- O número do mortos por conta do atentado com e vítimas mortais causado pelo atentado com caminhões-bomba, há uma semana, em Mogadíscio, subiu para 358, segundo informações do Ministério da Informação da Somália.

"O ataque deixou 642 vítimas, incluindo 358 mortes, 228 feridos e outras 56 pessoas desaparecidas", disse o ministro da Informação, Abdirahman Omar Osman, em uma entrevista coletiva na noite de sexta-feira.

Um total de 122 pessoas gravemente feridas foram transportadas para Turquia, Quênia e Sudão para receber tratamento médico, divulgou hoje a imprensa local.

A primeira explosão aconteceu próximo ao hotel Safari, localizado na conhecida como interseção K5, uma das áreas mais populares da capital e sede de escritórios governamentais, hotéis e restaurantes.

O segundo ataque, com idêntico 'modus operandi', foi ao lado de um mercado lotado ao lado da antiga sede da companhia aérea nacional Somália Airlines, no distrito de Wadajir.

De acordo com os analistas locais, os problemas internos do governo e o seu distanciamento com a cúpula do Exército permitiram que Al Shabab recuperasse sua capacidade de atacar em grande escala. EFE

ma-av/phg