Cidadela de Jerusalém amanhece com pichação de suástica e frases antissemitas

Jerusalém, 22 out (EFE).- A velha cidadela de Jerusalém amanheceu neste domingo com uma série de pichações antissemitas, incluindo até uma suástica, em um caso que está sendo investigado pela polícia.

"Durante a noite, recebemos um relatório de agentes que detectaram inscrições em hebreu e árabe em uma porta de um edifício no bairro muçulmano da Cidade Velha de Jerusalém", informou o porta-voz da Polícia de Israel, Luba Samri, em comunicado.

A mensagem dizia: "Morte aos Judeus". Ao lado, o autor da pichação escreveu o nome do movimento islamita palestino Hamas e desenhou uma suástica, símbolo do regime nazista de Adolf Hitler.

"A polícia abriu uma investigação e enviou peritos ao local dos fatos", indicou Samri na nota.

Em outro incidente, o site "Ynet" informou hoje que a Polícia de Israel prendeu de forma equivocada um jovem palestino, após detectar que ele tinha divulgado uma foto sua acompanhada por uma mensagem em árabe que foi mal traduzida por um programa on-line.

A imagem mostrava o jovem no seu local de trabalho e tinha uma legenda que dizia "bom dia" em árabe, mas a mensagem foi traduzida automaticamente como "ataquem-os".

A Polícia de Israel controla as redes sociais de palestinos como parte de uma campanha contra mensagens de incitação de ódio e para detectar possíveis autores de ataques contra israelenses.

Vários palestinos, a maioria deles jovens, já foi detida por publicações no Facebook e no Twitter.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos