Governo argentino pede paciência com resultados e destaca transparência

Buenos Aires, 22 out (EFE). - O governo argentino disse que "está absolutamente garantida a transparência" das eleições legislativas realizadas neste domingo e rejeitou, poucos minutos depois do fechamento dos colégios, se aventurar em resultados da apuração, pedindo que a população aguarde os dados oficiais.

"O povo argentino se expressou em uma jornada democrática sem praticamente nenhum sobressalto", expressou em uma entrevista coletiva em Buenos Aires o chefe do gabinete de Ministros, Marcos Peña, destacando a "paz" e a "normalidade" do dia.

Os primeiros resultados das eleições, nas quais 33,1 milhões de argentinos estavam chamados a escolher 127 deputados - a metade da Câmara - e 24 senadores - um terço do total -, serão divulgados a partir das 21h.

Peña foi questionado pela decisão do partido opositor Unidade Cidadã, liderado pela ex-presidente Cristina Kirchener, que é candidata ao Senado, sobre estabelecer o seu próprio centro de apuração de votos em Buenos Aires.

"Existe apenas um centro de apuração", enfatizou Peña, que disse rejeitar qualquer insinuação sobre a confiabilidade do centro oficial.

"Está absolutamente garantida a transparência", afirmou.

O chefe de gabinete reconheceu que "existem bons resultados" para a frente governante Mudemos festejar "com muito respeito e alegria", mas que é preciso esperar o resultado.

Por outro lado, e consultado sobre a duração da apuração, ele destacou que "até que se modernize o sistema eleitoral" será preciso conviver com as "demoras habituais".

"Por isso tentamos uma reforma do sistema eleitoral", disse Peña sobre o projeto apresentado há alguns meses pelo governo para implantar o voto eletrônico e que não prosperou no Congresso.

"A apuração de hoje provavelmente será um pouco mais rápida porque é mais simples do que nas primárias ", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos