Índia anuncia diálogo para entender "aspirações" de povo da Caxemira

Nova Délhi, 23 out (EFE).- O governo da Índia anunciou nesta segunda-feira o início de um diálogo com partidos políticos, organizações e as "pessoas" da Caxemira, para entender as "aspirações" do povo desta região após meses de protestos que deixaram dezenas de mortos e milhares de feridos.

"O Executivo decidiu nomear o ex-diretor do Departamento de Inteligência Dineshwar Sharma como representante do governo da Índia para iniciar um diálogo em Jammu e Caxemira", disse em coletiva de imprensa em Nova Délhi o ministro do Interior, Rajnath Singh.

"Como representante do governo da Índia, Sharma iniciará uma interação constante e um diálogo para entender as aspirações legítimas das pessoas em Jammu e Caxemira", acrescentou o ministro.

Singh afirmou que essa conversa será com "todos" os atores e, ao ser perguntado se os separatistas estão incluídos entre os possíveis interlocutores, o ministro acrescentou que Sharma "terá o direito de decidir com quem falar e sobre o que falar, terá completa liberdade".

A morte de um jovem insurgente separatista em julho do ano passado por parte das forças de segurança indianas serviu de estopim para os piores protestos em anos na região, que deixaram mais de 100 mortos e milhares de feridos, muitos deles com lesões oculares por consequência do uso de disparos de bala de borracha por parte da polícia.

Situada aos pés do Himalaia, a Caxemira é a única região indiana com maioria muçulmana e o Paquistão exige sua completa soberania desde a divisão do subcontinente em 1947 e sua independência do Império Britânico.

A Índia acusa o Paquistão de patrocinar terroristas que atacam em território indiano em uma tentativa de dar impulso ao movimento separatista da Caxemira.

Os dois países travaram duas guerras e vários conflitos menores por este território, que é separado por uma fronteira provisória que divide a Caxemira em duas e é uma das áreas mais militarizadas do mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos