Parlamento do Curdistão iraquiano prolonga seu mandato por 8 meses

Erbil (Iraque), 24 out (EFE).- O parlamento da região autônoma do Curdistão iraquiano decidiu nesta terça-feira prolongar seu mandato por oito meses, um dia depois que a Alta Comissão Eleitoral curda adiou as eleições presidenciais e parlamentares previstas para o próximo dia 1º de novembro.

Em um comunicado, a Câmara - formada por 111 deputados - afirmou que 60 dos 68 parlamentares que estavam presentes votaram a favor da prorrogação, enquanto os demais expressaram sua rejeição.

Além disso, ratificou que as eleições presidenciais e parlamentares na região também foram postergadas.

Por outro lado, o partido curdo do Movimento da Mudança (Goran), opositor ao presidente do governo do Curdistão, Masoud Barzani, boicotou hoje a sessão do parlamento curdo, qualificando o processo como "anticonstitucional".

Ontem, a Alta Comissão Eleitoral do Curdistão adiou as eleições presidenciais e parlamentares pela falta de candidatos para as eleições.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos