Usando burcas, dois jihadistas do EI matam 15 talibãs no Afeganistão

Cabul, 25 out (EFE).- Dois jihadistas uzbeques do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) se cobriram com burcas e esconderam suas armas sob esta vestimenta feminina para atacar um grupo de talibãs, matando 15 deles no norte do Afeganistão com essa tática incomum, informaram nesta quarta-feira à Agência Efe fontes oficiais.

"Dois combatentes do grupo EI que vestiam burca de mulher, e tinham escondido armas sob elas, abriram fogo contra um grupo de talibãs reunidos na aldeia de Chaqma-Chaqor", na província de Jawzjan, disse Aminullah Amin, governador do distrito ao qual pertence o lugar, Qushtepa.

Após o incidente, ocorrido ontem nesta área, onde ambos grupos insurgentes estão se enfrentando há quatro dias, os autores do ataque abandonaram o local e se uniram ao resto dos seus homens, posicionados a poucas centenas de metros.

Apenas duas horas mais tarde, o EI lançou um novo ataque e conseguiu arrebatar o controle da aldeia dos talibãs, detalhou Amin.

O porta-voz do governador provincial, Muhammad Reza Ghafoori, confirmou o estranho caso e detalhou que, durante os últimos dias de combates, pelo menos 33 talibãs e 19 jihadistas do EI morreram na área.

Os talibãs tomaram o controle de algumas áreas durante os primeiros dois dias de enfrentamentos, mas seus oponentes as recuperaram anteontem.

Os homens do mulá Haibatullah estão agora reagrupando-se para lançar uma nova ofensiva contra os jihadistas, disse Ghafoori, que acrescentou que as forças de segurança não contam com suficientes efetivos para intervir na aldeia, que está há dois anos sob controle insurgente.

A burca é utilizada pelas mulheres afegãs para evitar serem vistas por homens de fora da sua família, e, habitualmente, quem a usa não é revistada pela polícia por respeito e devido aos tradicionais valores conservadores muçulmanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos