Primeiro-ministro do Iraque lança ofensiva contra último reduto do EI

Bagdá, 26 out (EFE).- O primeiro-ministro do Iraque, Haider al-Abadi, anunciou nesta quinta-feira em mensagem televisionada o início da ofensiva contra o último reduto do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no país, a região de Al Qaim e outras cidades na margem do rio Eufrates.

"Não há escapatória, senão a morte ou rendição", disse aos combatentes do EI, Al-Abadi, que faz uma visita oficial a Teerã.

O chefe do Governo iraquiano prometeu que as áreas que estão sob o domínio dos jihadistas "voltarão todas ao território da pátria com determinação e perseverança" dos "combatentes heroicos" das Forças Armadas e garantiu que a vitória está "perto".

O EI só controla no Iraque uma área povoada na margem do Rio Eufrates, no noroeste do país, e também tem presença na região do deserto da fronteira da Síria, país onde também mantém territórios sob seu controle.

As populações mais importantes da região da ofensiva são Al Qaim, fronteira com a Síria, e Raua, ambas situadas na província de Al Anbar.

Em julho passado, as tropas iraquianas tomaram o controle de Mossul, a cidade mais importante que desde 2014 esteve sob o domínio do EI, e nos meses seguintes tomaram outras áreas do norte do país como a região de Tel Afar e Al Hauiya.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos