Site de encontros é acusado de incentivar prostituição na França

Paris, 26 out (EFE). - Um site de encontros está no centro de uma polêmica nesta quinta-feira na França por conta de uma campanha que foi acusada de incentivar a prostituição entre estudantes e sobre a qual o governo quer examinar a legalidade.

A página "RichMeetBeatiful" se apresenta como a "número um" em encontros entre de "jovens" e homens maduros e endinheirados e decidiu anunciar os seus serviços com um controverso cartaz exposto ontem num estacionamento na frente da Universidade Paris Descartes convidando o público a se tornar Sugar Daddy ou Sugar baby. Hoje, a Polícia proibiu a circulação da propaganda móvel por não ter as autorizações pertinentes.

Em entrevista à "Radio sud", a secretária de Estado de Igualdade entre Homens e Mulheres, Marlène Schiappa, qualificou a campanha de "problemática"e anunciou que serão estudados os aspectos jurídicos.

"São encontros consentidos ou se trata de prostituição e de incitação à prostituição que poderia ser penalizada pela lei?", disse a política.

Ontem, a Prefeitura de Paris acionou a Justiça para tentar bloquear o acesso ao site e retirar o anúncio das ruas.

A associação FAGE, que reúne mais de 2 mil grêmios estudantis, expressou indignação ontem. Através de um comunicado, a associação, que representa cerca de 300 mil estudantes na França, denunciou o "cinismo total" da empresa por tratar "os universitários como um mercado" e anunciou que pretende processar o site.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos