Governo iraquiano e curdos fecham acordo de cessar-fogo ao noroeste de Mossul

Erbil (Iraque), 27 out (EFE).- O governo do Iraque e os curdos estabeleceram ontem à noite um cessar-fogo temporário no município de Zummar, ao noroeste da cidade de Mossul, após quase duas semanas de enfrentamentos, informou nesta sexta-feira à Agência Efe uma fonte policial.

Uma delegação do governo Federal chegou ontem à noite a essa região e dialogou com lideres militares das forças curdas, conhecidas como "peshmergas", sobre a cessação de hostilidades, que ressaltou que é "temporária", explicou à Efe o porta-voz da Polícia de Resposta Rápida, Abdel-Rahman al Jazaeli.

Por sua parte, o comandante do regimento de proteção de Sinjar, pertencente aos "peshmergas", Luqman Kuli, disse à Efe que o coronel das forças curdas Omar al Buseli morreu hoje após ser atingido pelo impacto de artilharia das forças iraquianas em Zummar.

No último dia 19 de outubro, a Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) afirmou que mil famílias fugiram do município de Zummar para a província curda de Dohuk, no norte do Iraque, devido à campanha militar lançada pelas forças iraquianas em áreas disputadas com o Curdistão.

Em resposta ao referendo de independência realizado no último dia 25 de setembro pelo Curdistão e considerado ilegal por Bagdá, o governo iraquiano iniciou em 16 de outubro uma operação para "impor a segurança" na província de Kirkuk - já retomada - e outros territórios disputados que estavam ocupados pelas tropas curdas desde 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos