Evo Morales suspende visita ao Brasil que aconteceria na segunda-feira

Brasília, 28 out (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, suspendeu neste sábado sua visita ao Brasil que estava prevista para a próxima segunda-feira, na qual se reuniria com Michel Temer, informaram fontes oficiais.

Segundo um comunicado do Itamaraty, Morales "adiou" sua visita ao país, mas não definiu uma nova data para o encontro, que "deverá ser negociado por ambas as chancelarias".

O Itamaraty não explicou os motivos da suspensão da viagem de Morales, que manteria um encontro na segunda-feira em Brasília com Temer para tratar do projeto da ferrovia bioceânica.

O "Corredor Ferroviário Bioceânico Central" é um plano impulsionado pelo governo boliviano para ligar o porto de Santos, em São Paulo, com o terminal de Ilo, no Peru, passando por território boliviano, uma obra avaliada em cerca de US$ 14 bilhões.

Além de Bolívia, Brasil e Peru, Argentina, Paraguai e Uruguai também se beneficiariam deste projeto através da construção de um ramal da ferrovia entre o território boliviano e uma zona portuária em solo paraguaio, vinculada à hidrovia Paraguai-Paraná.

A delegação boliviana também tinha pretendia firmar acordos para a venda de ureia e gás natural ao Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos