Soldado americano da OTAN morre em queda de helicóptero no Afeganistão

Cabul, 28 out (EFE).- Um americano pertencente à missão da OTAN no Afeganistão morreu e outros seis ficaram feridos na queda supostamente acidental do helicóptero no qual viajavam no leste do país, enquanto os talibãs asseguraram que tinham derrubado a aeronave, informaram neste sábado várias fontes.

O helicóptero caiu ontem à noite na província de Logar e, embora as causas da queda ainda não estejam claras, a missão da OTAN no país asiático garantiu por meio de um comunicado que a aeronave "não caiu como resultado de uma ação inimiga".

Os feridos estão recebendo tratamento médico e a área onde se encontra o helicóptero acidentado está controlada pelas forças de segurança, acrescentou a OTAN.

"Estamos muito entristecidos pela morte de nosso camarada", afirmou o chefe dos contingentes dos Estados Unidos e da OTAN no Afeganistão, o general John Nicholson, que enviou suas "sinceras condolências" aos familiares das vítimas.

O porta-voz do governador da província de Logar, Salim Saleh, confirmou à Efe que o helicóptero teve que fazer uma "aterrissagem de emergência" no distrito de Kharwar, e acrescentou que o acidente pode ter acontecido porque a aeronave "se chocou com uma árvore".

No entanto, o porta-voz dos talibãs, Zabiullah Mujahid, negou a versão da OTAN através da sua conta oficial no Twitter, onde ressaltou que o helicóptero americano foi derrubado pelos insurgentes na noite de sexta-feira.

Segundo Mujahid, além disso, "morreram 43 mercenários e invasores americanos" e a aeronave ficou "totalmente destruída pelas chamas".

Desde o fim da sua missão de combate no país em 2015, a OTAN mantém cerca de 13.000 soldados no Afeganistão em tarefas de assessoria e capacitação, sendo 11.000 deles americanos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou em agosto um aumento das suas tropas, que será de 3.000 efetivos, enquanto a Aliança Atlântica pediu recentemente aos países-membros um aumento das suas forças para apoiar à missão no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos