Combates entre EI e tropas sírias deixam 61 mortos perto de Mayadin

Cairo, 29 out (EFE).- Pelo menos 34 soldados das forças leais ao presidente sírio, Bashar al Assad, e 27 jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) morreram nas últimas 24 horas em combates perto de Mayadin, na província de Deir ez-Zor, informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os combates acontecem nas localidades de Mahkan e Quria, na margem do rio Eufrates e ao sudeste da cidade de Mayadin, onde os terroristas conseguiram avanços frente às tropas governamentais.

O Observatório não descartou que o número de mortos aumente, uma vez que há feridos em estado grave, embora não tenha detalhado seu número.

Os combates nesta região acontecem de forma simultânea à reativação dos enfrentamentos na cidade de Deir ez-Zor, capital da região.

Além disso, segundo informou previamente a ONG, em Deir ez-Zor aconteceram esta madrugada os confrontos mais sangrentos desde o último dia 10 de setembro, que causaram a morte de pelo menos 23 soldados das forças governamentais sírias e 50 combatentes do EI.

Mayadin, que fica 46 quilômetros ao sul da cidade de Deir ez-Zor, foi no passado a "capital da província de Al Khair", uma das divisões do território impostas pelos extremistas quando autoproclamaram um califado em junho de 2014 e agora está em sua maioria sob o controle do governo sírio.

Atualmente, o exército sírio e seus aliados desenvolvem na província de Deir ez-Zor uma ofensiva contra os extremistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos