Governo do Kuwait renuncia em bloco

Cairo, 30 out (EFE).- O primeiro-ministro do Kuwait, o xeque Jaber al Mubarak al Sabah, e todo seu governo apresentaram nesta segunda-feira sua renúncia, que foi aceita pelo chefe de Estado, o emir Sabah al Ahmad al Sabah, informou a agência oficial "Kuna".

Os membros do gabinete permanecerão nos seus cargos até que o emir designe seus substitutos, acrescentou a agência, que não explicou os motivos da renúncia, que acontece em meio a tensões com o parlamento.

Al Sabah ocupava o cargo de primeiro-ministro desde 2011 e tinha sido designado de novo para esse posto em novembro do ano passado, depois das últimas eleições parlamentares realizadas então no pequeno país petroleiro, nas quais a oposição de tendência islamita conquistou quase metade das cadeiras.

Em comunicado divulgado pela "Kuna", Al Sabah afirmou que o Kuwait deve colocar como "uma prioridade nacional que não se pode adiar a correção do rumo do trabalho do parlamento".

O parlamento kuwatiano pretendia votar hoje uma moção de censura contra o ministro de Gabinete e de Informação, Mohammed Abdulah al Sabah.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos